Theme Preview Rss

Comunicação Assertiva - Parte I

A Comunicação é importante em qualquer de nossos relacionamentos, e por isso com certeza é um dos pontos a serem estudados para quem quiser ser bem sucedido em qualquer aspecto da vida. Eu com certeza preciso melhorar alguns pontos na minha comunicação, principalmente a falada.

Pesquisando sobre o assunto descobri que a comunicação assertiva é apontada como uma das melhores formas de se exprimir. Vou colocar aqui neste post alguns pontos que eu aprendi sobre o assunto




A comunicação assertiva ajuda nos seguintes itens:

1) Contar aos outros nossas idéias, pensamentos e sentimentos.
2) Pedir as pessoas o que precisamos de forma direta e especifica.
3) Recusar aquilo que não queremos fazer sem ofender as pessoas.

Para ser uma pessoa assertiva você precisa acreditar nos seus direitos e apesar de se preocupar com os sentimentos dos outros, você não se sente totalmente responsável por eles. Você acredita que você deve cuidar dos seus sentimentos e ideias e que os outros farão o mesmo pelos deles. Você não pode ter medo das pessoas não gostarem de você e sim estar preparado para deixar as pessoas decidirem o que eles irão pensar de você.

A assertividade nem sempre é bem recebida, por isso é preciso ter coragem para colocá-la em prática. Porém a longo prazo os resultados da assertividade são todos positivos, incluindo melhor alta estima e melhores negociações com as pessoas daquilo que você deseja.

Abaixo algumas da técnicas da comunicação assertiva:

I) Persistencia: Quando você coloca uma necessidade para uma pessoa e ela não aceita, você continua insistindo mas sem responder aos argumentos da pessoa ou as suas manupulações, apenas repita o que deseja, sem alterar a voz, pedindo com calma, fazendo contato visual, numa posição reta e sem discutir o que está errado ou certo na situação.

Por exemplo: Querido eu preciso que você lave a louça. Ele responde: Eu estou cansado, eu lavei ontem, eu não gosto de lavar a louca e etc. Você responde: Eu realmente preciso que você lave a louça, você poderia por favor lavar a louça?

II) Empatia: Quando alguém faz algo de errado você pela primeira vez é afetado pelo que a pessoa fez, você assume que a intenção não foi ofender a você, mas mesmo assim você fala com ela e explica o seu ponto de vista, descreve o impacto negativo do comportamento, evitando acusações e deixa a pessoa decidir o que ela fará a respeito.

Uma forma de abordar seria: "Você provavelmente não percebeu que o seu comportamento causou o seguinte problema... Eu ficaria grata se isso não acontecesse novamente."

III) Indefinição: Ajuda você a sair de uma situação de critica, ou de conselhos não solicitados sem parecer que isso a importunou. Você concorda com os fatos, mas não se compromete a mudar ou aceitar as sugestões e nem se desculpa pelo ocorrido.
Ouça atentamente o que a pessoa disse, não mostre nenhum tipo de agressividade e antes de responder pense qual a melhor forma de abordar os comentarios sem admitir qualquer erro.

Por exemplo a pessoa fala que a sua mesa está uma bagunça e que não sabe como você consegue trabalhar dessa forma. Então você simplesmente responde: É verdade tem uma monte de coisas na minha mesa. E pronto, não fala mais nada.

O grande lance da assertividade é sair da teoria é colocar em prática, esta é uma luta que eu tenho comigo mesma.

*Outra coisa que eu quero fazer é uma figura para ilustrar este post e memorizar melhor, quando eu fizer eu publico.

0 comments:

Post a Comment