Theme Preview Rss

12° Dia - O Amor deixa o outro vencer

Providencie o seu livro ou tenha uma forma de consulta, leia o desafio do 12ª Dia na integra e anote as suas conquistas

****************************************************************************************************



Não olhe cada um somente para o que é seu, mas cada qual também para o que é dos outros. - Filipenses 2:4

Quando uma amiga minha foi casar, ela conta que ao cumprimentar a mãe dela, esta falou bem baixinho no ouvido dela: O segredo do casamento é entender que quando um não quer dois não brigam. Quem já casou sabe, o casamento é uma prática diária de paciência e de negociação sobre a vontade de um e de outro.

O desafio de hoje nos aconselha a ceder, deixar o outro vencer quando existe um impasse. Outro dia eu ouvi um senhor falando é aquela famosa história o cientista quer provar que ensinou o rato e só dá comida para ele quando ele aperta o botão vermelho e o rato, fala para o colega que o cientista está treinado que toda vez que ele aperta o botão vermelho o cientista traz comida. Quem manda em quem? Quem sai vencedor?

Se estivermos discutindo um assunto sério ou um assunto que fere nossa índole é válido argumentar e tentar chegar a um acordo comum, mas ter brigas por causa de assuntos sem importância é sacrificar nosso casamento. O Autor fala: “Apesar dessas questões não surgirem todos os dias, elas volta e meia aparecem e não vão embora. Parece que nunca chegaremos a uma solução ou a um acordo. Isso acaba se tornando uma obstinação. É como dirigir com o freio de mão puxado. Só existe uma maneira de escapar de becos sem saída como esses e essa solução é encontrada em uma palavra contrária a teimosia - uma palavra que já vimos enquanto discutíamos a bondade. Essa palavra é "disposição". É uma atitude, um espírito de cooperação que deve permear as nossas conversas. É como palmeira à beira do oceano, que resiste aos ventos fortes porque sabe como se curvar de forma graciosa.”

O amor que estamos estudando ensina que devemos ter paciência, bondade, gentileza, cuidar e ceder às preferências do outro. Aprendemos que o outro é parte de nós e que temos que honrá-lo, logo porque brigar para saber quem tem razão sobre a louça? Ou qual dos dois foi o último a levar o lixo? Nosso casamento deve ser um refúgio de paz, portanto se a dúvida é: “quem irá na reunião da escola das crianças”, porque não dizer: Eu vou, na próxima você vai? O amor verdadeiro busca a harmonia do lar e quando cedemos é impressionante que imediatamente o outro se oferece para ficar no nosso lugar, ou oferece algo em troca. Lembremos da frase do profeta do Rio de Janeiro: “Gentileza, gera gentileza amor” e prossigamos lutando por um relacionamento amoroso e tranqüilo e não por besteiras que vão nos afastar da pessoa que amamos.

E para quem não assistiu a comédia romântica com o Jack Nicholson chamada em português: “Alguém tem que ceder” eu recomendo

************ Desafio de hoje ***********

Demonstre amor através da disposição, escolhendo ceder em uma área de desacordo entre você e seu cônjuge. Diga a ele que você está colocando a preferência dele em primeiro lugar.

0 comments:

Post a Comment