Theme Preview Rss

17° Dia - O Amor traz intimidade

Providencie o seu livro ou tenha uma forma de consulta, leia o desafio do 17ª Dia na integra e anote as suas conquistas

****************************************************************************************************



Aquele que cobre uma ofensa promove amor, mas quem a lança em rosto separa bons amigos. - Provérbios 17:9.

Pense nos diferentes tipos de relacionamento que você tem, certamente o mais intimo deles é entre você e o seu parceiro, este conhece seus defeitos e qualidades nos detalhes, segredos e sentimentos foram compartilhados no dia a dia e isso nos completa como pessoa, nos faz sentir pertencentes a algo sem restrição. Mas pode ser também um problema, se a pessoa que está conosco utiliza a informação que tem para nos pressionar, humilhar, cobrar e coagir.

O Autor nos chama a atenção para o seguinte ponto: “Se o lar não é considerado um lugar de segurança, os dois serão tentados a buscá-la em qualquer outro lugar. Talvez em uma outra pessoa, iniciando um relacionamento que, ou flerta com o adultério ou realmente entra nele. Talvez possamos buscar conforto no trabalho ou em atividades ao ar livre, algo que nos separa parcialmente da intimidade, mas também nos mantém próximo às pessoas que nos respeitam e nos aceitam.”

Amar uma pessoa é aceitá-la como ela é e não amá-la se ela for como desejamos. Pressionar nosso cônjuge, tentar manipulá-lo com palavras ou ações, não é amar da maneira correta, se é para termos o controle de tudo, melhor termos um animal de estimação certo? Afinal quem controla os outros de maneira direta ou indireta nunca saberá se tem competência própria para estar no relacionamento ou se só conseguiu conservar o casamento ludibriando o outro.

Jamais em nosso casamento devemos usar das fraquezas do outro para atingi-lo, devemos ouvir, aconselhar, ajudar se estiver ao nosso alcance. Muitas vezes só podemos ouvir e guardar a informação e não tocar mais no assunto mesmo assim estmos fazenos nossa parte. Se alguém não tem a liberdade para estar completo em sua própria casa, sendo quem gosta de ser, onde ele poderá ser feliz? Fora de casa?No entanto se uma pessoa é aceita por completo, para onde ela vai querer sempre voltar? Para casa? Para o relacionamento?.


Este desafio me remete a poesia da Michelle (sim somente Michelle) citada no livro do Leo Buscaglia ( que eu aliás AMO!):

Minha felicidade sou eu, não você.
Não só porque você pode ser temporário,
Mas também porque você quer que eu seja o que não sou.
Não posso ser feliz quando mudo
Só para satisfazer o seu egoísmo.
Nem posso me sentir contente quando você me critica por não ter os seus pensamentos,
Ou por ver como você vê.
Você me chama de rebelde.
No entanto, cada vez que rejeitei as suas crenças
Você se rebelou contra as minhas.
Não procuro moldar a sua mente.
Sei que você está se esforçando muito para ser só você.
E não posso permitir que me diga o que ser...pois estou-me concentrando em ser eu.
Você disse que eu era transparente
E fácil de esquecer.
Mas então por que tentou usar a minha vida,
Para provar a si mesmo o que você é?


Lembre-se se você controla uma pessoa para que ela seja aquilo que você quer que ela seja, você perde a oportunidade única de conhecer a singularidade que esta pessoa tem para oferecer para você que foi o ponto inicial que fizeram vocês se apaixonarem. Cuide da intimidade do seu relacionamento, promova a cada dia uma forma de aceitar seu cônjuge exatamente do jeito que ele é, assim ele continuaá confiando em você e o seu casamento será cada dia melhor.


********* Desafio de hoje *******

Decida guardar os segredos do seu cônjuge (a menos que seja perigoso para ele ou para você) e orar por ele. Fale com seu cônjuge e demonstre amor apesar desses segredos. Ouça-o quando ele compartilha com você seus pensamentos mais secretos e suas lutas. Faça com que ele se sinta seguro.

1 comments:

Fatima Angelica Viganó said...

Engraçado falar de segredo, pois estamos num momento que apenas nós dois sabemos e esta sendo bom não continuar com meu bocão aberto...

Post a Comment