Theme Preview Rss

6°Dia – O amor não se irrita facilmente

Providencie o seu livro ou tenha uma forma de consulta, leia o desafio do 6ª Dia na integra e anote as suas conquistas

****************************************************************************************************

Melhor é o homem paciente do que o guerreiro, mais vale controlar o seu espírito do que conquistar uma cidade. - Provérbios 16:32



Quando eu era pequena eu ouvia a história da pasta de dente, como os tubos não eram de plástico havia uma guerra sobre onde apertar a pasta de dente, no final ou no meio, e o povo brincava porque os casais discutiam por anos sobre uma forma de não brigarem pela pasta de dente.

Desde o primeiro dia o desafio é manter a paciência, lógico que quem consegue mantê-la não se irrita facilmente, mas se está aqui sendo repetido esse ponto de manter a calma, é porque deve ser um dos pontos que realmente abala os casamentos.

Para mim a irritação instantânea tem pelo menos duas desvantagens:

1) Quando você fala sem pensar normalmente não analisa bem o problema e pode ficar discutindo situações que não existem, ou que não entendeu direito e brigar com seu cônjuge sem ter razão.
2) Quem grita perde a razão, a pessoa que tem pavio curto e se exalta pode até estar do lado da verdade, mas se usa palavras grosseiras, um tom agressivo, depois terá ainda assim que se desculpar.

A melhor opção sempre é parar, entender a situação, se acalmar e só depois se manifestar.

A Bíblia conta que o profeta Elias estava numa caverna deprimido escondido da rainha:

“E Deus lhe disse: Sai para fora, e põe-te neste monte perante o SENHOR. E eis que passava o SENHOR, como também um grande e forte vento que fendia os montes e quebrava as penhas diante do SENHOR; porém o SENHOR não estava no vento; e depois do vento um terremoto; também o SENHOR não estava no terremoto; E depois do terremoto um fogo; porém também o SENHOR não estava no fogo; e depois do fogo uma voz mansa e delicada. E sucedeu que, ouvindo-a Elias, envolveu o seu rosto na sua capa, e saiu para fora, e pôs-se à entrada da caverna; e eis que veio a ele uma voz, que dizia: Que fazes aqui, Elias?” (I Reis 19:11-13).

Deus não estava no terremoto e nem no vento forte, Ele estava numa voz mansa e delicada. Eu penso naquele momento na sala de aula em que todas as crianças estão agitadas e alguém começa a contar uma história bem tranqüila, bem calma, e um a um os pequenos vão se aquietando e ouvindo, e de repente tudo está em silêncio.

O Autor nos diz que as fontes da irritação são o Stress e o Egoísmo. Temos que cuidar para que a agitação atual não deixe nossa vida descontrolada, temos que ter tempo para relaxar e diminuir o ritmo, além disso, boa alimentação e exercício físico sempre ajudam. Quanto à pessoa egoísta, ela geralmente se comporta dessa forma porque é amarga, insegura e invejosa, se você tem algum desses defeitos de caráter, precisa achar as razões e tentar afastar de si mesma essas características.

Um trecho do livro nos traz: “O amor nos levará a perdoar ao invés de guardar rancor. A sermos gratos em lugar de mesquinhos. A sermos satisfeitos ao invés de prontos a fazer dívidas. O amor nos encoraja a ficarmos felizes quando o outro é bem sucedido, em lugar de perder o sono de tanta inveja. O amor diz, "compartilhe a herança" ao invés de "dispute com seus parentes". O amor nos lembra de priorizar a família em lugar de sacrificá-la por uma promoção no trabalho. No final das contas, o amor diminui o estresse e ajuda a acabar com o veneno que pode crescer dentro de nós em cada decisão que tomamos. Assim, ele prepara o nosso coração para responder ao nosso cônjuge com paciência! e encorajamento, ao invés de responder com raiva e irritação.”

Faça uma análise de si mesma, tem você distribuído amor na sua casa? Ou apenas tem jogado lenha na fogueira da fúria? Está você disposta a mudar e realmente ter um lar de amor? Que Deus a ajude a ser hoje uma voz mansa e delicada.

************ Desafio de hoje ***********


Escolha hoje para reagir de maneira amorosa, apesar das circunstâncias do seu casamento. Comece fazendo uma lista das áreas em que você precisa separar um tempo para respirar. Então, faça uma lista das motivações negativas e abra mão delas.


* baseado no livro: O desafio de amar, de Alex Kendrick e Stephen Kendrick

0 comments:

Post a Comment