Theme Preview Rss

8° Dia - Amor não arde em ciúmes

Providencie o seu livro ou tenha uma forma de consulta, leia o desafio do 8ª Dia na integra e anote as suas conquistas

****************************************************************************************************

Pois o amor é tão forte quanto à morte, e o ciúme é tão inflexível quanto à sepultura. Suas brasas são fogo ardente,são labaredas do Senhor. - Cantares de Salomão 8:6

Bentinho foi ou não traído por Capitu? Essa é uma das maiores dúvidas da literatura brasileira, de qualquer forma o ciúme que Bentinho sentia é uma certeza, o sentimento foi capaz de fazer com que ele simplesmente não quisesse mais saber da mulher que foi o amor de sua vida. Pior tragédia foi a de Otelo que matou a esposa por ciúmes.

No livro temos a abordagem de um ciúme diferente movido pela inveja, pelo desejo de ser melhor, de querer sempre superar as características do outro e não aceitar que ele pode ser melhor do que você em algum ponto. Este sentimento pode ser regado por um amigo, um parente ou pelo seu cônjuge.

A inveja que você sente das pessoas é proporcional ao seu sentimento de egoísmo, você quer todas as atenções, que receber todos os elogios e ser apontado como o melhor e quando alguém “ousa” passar na sua frente, você se sente inseguro e é controlado pela raiva. Na Bíblia existem muitos exemplos, um dos que lembro é o caso de Esaú e Jacó. É mencionado que eles eram gêmeos e que Jacó nasceu segurando o calcanhar do irmão, durante boa parte da sua vida ( antes do seu encontro real com Deus) ele queria tomar o lugar do irmão, a ponto de num momento de fome de Esaú ele somente entregar para o irmão um prato de comida em troca dos direitos que Esaú tinha por ser o mais velho.

A inveja normalmente é alimentada dentro da esfera que você convive e por isso pode chegar até nosso casamento. Quando casamos o principio básico é compartilhar, amar e respeitar na saúde, na doença, na riqueza e na pobreza até que a morte venha. Mas com o passar do tempo as circunstâncias mudam algum pode ser promovido e o outro pode perder o emprego, um pode ter mais oportunidades de diversão que o outro que fica em casa, e outras situações de vantagens e desvantagens que podem ser o ponto inicial do sentimento de inveja.

Quando o amor rege um casamento não há espaço para o ciúme invejoso pelo contrário, o amor abre mão dos seus desejos em prol da felicidade do outro. Ele torce e fica feliz quando o outro tem uma conquista. Para o casal que cultiva o verdadeiro amor a vitória de um é o sucesso dos dois, juntos eles formam uma só carne, por isso celebram juntos!

O livro nos aconselha: “Quando ele recebe louvor, ele a agradece publicamente pelo suporte em ajudá-lo em seu sucesso. Ele se recusa a vangloriar-se de forma que ela se sinta ressentida. Uma esposa amorosa será a primeira a se alegrar pelo marido quando ele vencer. Ela não compara suas fraquezas com as forças dele. Em lugar de se lamentar, ela dá uma festa de celebração.”

Quem vai reger o seu relacionamento o amor ou a inveja?


************ Desafio de hoje ***********


Decida ser o maior fã do seu cônjuge, e decida rejeitar qualquer pensamento invejoso. Para ajudá-lo a manter o coração em seu cônjuge e a focar nas conquistas dele, pegue a lista de atributos negativos que você fez ontem e, discretamente, queime-a. Depois, compartilhe com seu cônjuge o quanto você está feliz com o sucesso que ele conquistou recentemente.

0 comments:

Post a Comment